sábado, 23 de outubro de 2010

TE AMAR ASSIM É DEPNDÊNCIA

Te amar é loucura
Te beijar é doçura
Te desejar é pensamento
Te abraçar é ternura
Te sentir é minha cura
Te esquecer é fingimento


Te conquistar, minha vontade
Te ouvir é sensibilidade
Te descrever é poesia
Te amar assim é dependência
Te esperar é pasciência

Te ver chegar é minha alegria.

Um comentário:

  1. Que delícia de poema meu amigo! Aplausos!!! Carinhos... Bjsss

    ResponderExcluir